Afinal, pra que serve um blog?

A resposta a esta pergunta eu deveria ter dado há alguns meses atrás, quando criei este blog. Aliás, todos que criam um blog deveriam ter como primeiro post, uma resposta a esta pergunta. Agora tentarei corrigir minha falha inicial respondendo de forma satisfatória.
Ontem, eu estava em casa sem fazer nada de muito útil, para passar o tempo sintonizei na MTV, mas este detalhe é desimportante (como disse um oficial de Justiça na TV ontem) o que vale a pena dizer é que estava passando o clipe da nova música do Skank (muito bom o clipe, melhor ainda a música) "Uma canção é para isso", nela, retoricamente, o compositor revela para que serve uma canção, desde então eu fiquei com essa música na memória, chegando no trabalho fui dar uma olhada nos blog's parceiros, quando pensei comigo:
- Puxa, por que e prá (sic) que esse povo perde tempo escrevendo num blog?
Alguns blogueiros, mesmo tendo outras atividades profissionais, acadêmicas ou ambas, decidem devotar tempo, pensando no que escrever, buscando notícias, escrevendo, tudo para manter seus blog's sempre atualizados, quando poderiam estar fazendo outras coisas, igualmente interessantes. Qual seria o objetivo de quem decide expor suas idéias à apreciação pública? Que esteja claro que aqui me refiro às pessoas cujo sustento, nada sai de seus blog's, ou seja, bcomo Edney, Alê Félix, Antonio Tabet, por exemplo, não entram nestas minhas especulações por razões óbvias.
Tentando responder a esta pergunta, em primeiro plano vale dizer que a Constituição Federal define o direito à intimidade como inviolável, antigamente, creio que a grande maioria da população brasileira e mundial até, buscava levar uma vida anônima, entretanto, hoje com Big Brother, Orkut, MySpace entre outros, todos querem algum tipo de notoriedade, e a internet proporciona essa possibilidade.
Enfim, a fama! A meu ver, este é um dos prováveis objetivos de quem cria um blog. Seja entre seus amigos mais próximos, seja em termos mais metropolitanos.
Outro possível objetivo é a carência afetiva. Certa vez conversando com uma amiga blogueira, ela falou que geralmente, quem tem blog é carente. Realmente, esta pode ser uma das explicações também, algumas pessoas podem sentir falta de alguém disposto a ouvi-las. Como dizia Aristóteles, o homem é um animal social, isto é, precisa interagir com os demais membros da sociedade, não importa como se dará este contato, se real ou virtual. E o blog permite tal interação de modo muito amplo. Perceba que o post inicial serve como um início de conversa, em seguida quem tiver interesse pode se valer dos comentários para continuar o papo. Além disso, é possível conhecer várias pessoas que passem pelo mesmo problema, o que ajuda a diminuir este sentimento.
Outra explicação possível é a vaidade. O sujeito vê em si próprio, tamanha importância que é necessário mostrar ao mundo sua rotina, ou suas opiniões, pois na cabeça dele todos precisam saber o que ele comeu no café da manhã, o que ele sonhou na noite passada, etc, ou o que ele pensa sobre a última eleição presidencial. Algo a ver com narcisismo, sabe?
Agora, pessoalmente falando, a minha motivação não se encontra em nenhuma destas cogitações. Eu tenho um blog pelo mesmo motivo que a Clarice - clique aqui para saber qual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário