Eu, Robô!

Sentem-se, minhas crianças. Vou contar-lhes uma história que aconteceu com o vovô há muito tempo atrás. A história de como o vovô conheceu a vovó. Naquela época existia uma coisa chamada internet...

Esses aparatos tecnológicos andam me deixando de cabelo em pé. Falando assim, pareço um velho enrugado nascido no século passado. Tipo aqueles velhinhos que andam curvados e bem devagar no meu da rua, atrapalhando o fluxo de pedestres atrasados como eu. Mas como poderia um dia imaginar que três mil músicas caberiam num negócinho chamado mp3. Como poderia imaginar que colocariam rádio, máquina fotográfica e acesso a internet em celulares espalhafatosos. Como poderia imaginar que VHS seria encontrado em brechós e quitandas de ferro-velho. Ahhh, e o melhor, como saberia da gravidez precoce da minha ex-cunhada sem existir o orkut. Nunca!

Acho que foi o Ed Motta que declarou ser absolutamente contra essas coisinhas criadas no novo milênio. "Não existe mais aquele ritual de abrir o disco de vinil, sentir o cheiro do disco e deixá-lo deslizar na agulha". PELAMORDEDEUS!!! Fãs do Ed Motta que me perdoem, mas ele praticamente faz sexo com esses discos. Minha imaginação é muito fértil, imagino muito ele enfiando seu pê...ops!!! É muito mais fácil fazer o donwload daquela música preferida, enfiar ela no mp3 e ouvir duzentas vezes até ficar de saco cheio com a voz do cantor, quando isso acontecer deleta. Simples! Sem contar que pode ouvir dentro do ônibus lotado, daquela aula super chata de sexta-feira a noite ou deitado no seu quarto sem atrapalhar ninguém. Com o toca vitrola do Ed Motta tenho certeza que seria impossível isso acontecer.

Fico realmente impressionado com essas bugigangas criadas só pra gente gastar rios de dinheiro. É impossível imaginar minha vida sem a danada da internet. Na minha infância acreditava ser impossível viver sem minha bicicleta azul com rodinhas. As coisas mudam, isso que é o mais interessante. Impossível se conectar a internet sem abrir o msn, orkut ou visitar sua caixa de e-mails. Fútil? Pense como achar melhor. Minha opinião não vai mudar. Quem nunca entrou no msn com o coração batendo na boca, desejando que aquela pessoa tivesse online e ainda com uma frase linda pra você ler e se identificar. Alguns insistem em dizer que a internet afasta as pessoas. Não acho isso não. Muito pelo contrário, pra vcs terem uma idéia, tenho uma professora do primário na minha página de amigos do orkut. Agora pára pra pensar. Como continuaria mantendo contato com a Tia Cida?

Nenhum comentário:

Postar um comentário