Descompensado

Por que descompensado?

Quem disse que eu sou descompensado?

Quem nunca teve um comportamento inusitado, uma vontade doida de gritar aos seus uma conquista ou uma raiva, alguns até de gritar correndo pelado na rua (Já perdi uma aposta por causa disto), na praia, seja lá onde for, me diga, quem?!

Tudo bem que um certo exagero atrapalha, te atrapalha, me atrapalha...

Eu juro que entendo o seu lado, afinal paciência tem limite ,esgota.

Algumas vezes até forço a minha cabecinha, procuro meu equilíbrio, meu auto-controle, mas cadê? Cadê você meu filho?! Cadê a cabeça no lugar?

Meu lado?! Quem entende? DO CONTRA, SEMPRE.

Alguém entende alguma coisa que se passa na cabeça de uma mulher? Não?! E de um homem "descompensado"? Também não? Você entende alguma coisa mesmo?

Pois é, tem gente que é movida a razão, tem gente que é movida a emoção, e eu sou descompensado, estou no nível da ultra-emoção, faço parte da última geração dos ultra-românticos.

Tá, vai, então a gente combina o seguinte: te dou um pouco da minha emoção e você me dá um pouco da sua razão. Topa?

Nenhum comentário:

Postar um comentário